O futuro da personalização – e como se preparar para isso

A “virtualização” dos processos já está sendo implantada há algum tempo. Com a chegada do conceito de metaverso isso se tornou cada vez mais próximo da nossa realidade. As jornadas de compra já tem vários de seus processos incorporados a um ecossistema digital.

Os profissionais de marketing são os protagonistas em criar experiências cada vez mais “humanas” e tangíveis no ambiente virtual. Contudo, nem todos se sentem preparados para assumir tal responsabilidade.

Há muita insegurança e especulação sobre como fazer essa transição. Um estudo recente da McKinsey com os líderes seniores de marketing revela que apenas 15% dos CMOs acreditam que sua empresa esteja no caminho certo da personalização.

Sob outra perspectiva, podemos notar que os líderes de personalização têm resultados comprovados na área. Os números não mentem:

  • Aumento de 5% a 15% na sua receita;
  • Aumento de 10% a 30% na eficiência nos gastos com marketing.

Para que a sua empresa tenha sucesso no caminho da personalização, existem algumas mudanças no cenário da área que são importantes de entender. Assim como algumas capacidades a serem desenvolvidas.

Continue lendo o artigo e descubra como implementar a personalização na sua empresa.

3 grandes mudanças que farão com que a personalização seja mais pessoal

É esperado que nos próximos 5 anos as seguintes mudanças sejam implantadas e tenham sucesso:

1. Espaços físicos se tornarão virtuais

Atualmente, quem está personalizando seus espaços está saindo na frente e tem grande possibilidade de ser destaque em um futuro próximo. Isso porque, apenas 10% das empresas aplicam a personalização nos dias de hoje.

Pesquisas da McKinsey também revelam que a personalização dos espaços já está começando a acontecer e são o futuro. Alguns dados comprovam isso:

  • 44% dos CMOs dizem que os funcionários que trabalham com a venda diretamente, terão acesso a análises avançadas para construir uma oferta mais personalizada e condizente com a situação do cliente;
  • 40% dizem que os consumidores finais usarão ferramentas com inteligência artificial para melhorar o serviço;
  • 37% dizem que as funcionalidades de: reconhecimento facial, reconhecimento de localização e sensores biométricos serão cada vez mais utilizadas.

Um exemplo de como isso está sendo implementado são as empresas: Macy’s, Starbucks e Sephora. Elas estão utilizando tecnologia GPS e aplicativos da empresa para oferecerem ofertas relevantes quando os clientes passarem perto da loja em questão.

Na nova loja principal da Covergirl, por exemplo, um programa baseado em inteligência artificial, permite que as roupas sejam experimentadas virtualmente. Ou seja, ela altera a imagem do cliente de acordo com o produto aplicado.

Isso não significa o fim do vendedor ou estilista. Afinal, tudo precisa de um toque humano. 

2. A empatia vai fortalecer laços e escalar vendas

A empatia, conhecida como a capacidade de se colocar no lugar do outro e entender suas emoções, sempre foi e sempre será a base para relacionamentos fortes e duradouros. E as máquinas estão assimilando este conceito e entendendo cada vez mais como se relacionar melhor com as pessoas.

Alguns algoritmos mais sofisticados estão permitindo que os programas entendam sinais auditivos e visuais, fazendo uma combinação e transformando em leitura de linguagem corporal e emocional.

Com o tempo, esses avanços podem permitir que os profissionais de marketing criem ofertas e produtos de acordo com o humor e emoções humanas.

3. Haverá a Implantação de um “mundo” virtual durante toda a jornada de compra

Para tudo é necessário um contexto. Com a personalização isso não seria diferente.

É muito mais fácil criar um ecossistema, até mesmo entre empresas, que gere todo um universo digital. Isso encoraja o consumidor a usar mais recursos de personalização e manter a experiência de compra no virtual.

A maior dificuldade na implantação dessa fase é justamente o processo de junção desses ecossistemas, criando um universo. Isso porque, é preciso padronizar todas as plataformas.

Como fazer que a personalização seja implantada corretamente

É fundamental que os profissionais de marketing se atentem a alguns pontos essenciais para o sucesso da personalização, são eles:

1. Invista em uma base de dados

Para toda ação ser bem sucedida é necessário que se elabore uma estratégia. E as melhores e mais bem fundamentadas estratégias são baseadas em análise de dados estruturados ou não, e padrões comportamentais.

Nesse momento, marketing e TI precisam unir forças a fim de melhorar a experiência do consumidor.

2. Forme sua equipe com tradutores e especialistas em tecnologia avançada

Uma multiplicidade de áreas específicas devem entrar em questão, muito além do marketing, cientistas e engenheiros de dados. Os chamados tradutores de análises serão fundamentais para o processo de implementação da personalização.

Eles são os responsáveis por comunicar as metas do negócio para a equipe de tecnologia e os dados para o sucesso do empreendimento. Prevê-se uma escassez desses profissionais no mercado. 

Essa escassez também se dará com outros profissionais chave para a personalização. Os especialistas em inteligência artificial. Por isso, procure os melhores agora.

3. Utilize uma estratégia ágil de gestão de equipes

Com a personalização a necessidade de fazer uma gestão ágil e multidisciplinar de equipe se tornará latente. Velocidade, sucesso e ousadia criativa serão habilidades indispensáveis.

A capacidade de trabalhar em equipe e gerar dados também será muito importante.

4. Esteja atento a proteção da privacidade do cliente

Dados os repetidos escândalos na área de proteção da privacidade do cliente, esse é um assunto de extrema importância a ser tratado.

As empresas devem deixar claro a preocupação com os dados dos clientes, bem como investir tempo e recursos para a construção e uma proteção de dados cada vez mais eficaz.

5. Dê start no projeto em si

Na maior parte das vezes, a parte mais difícil da personalização é dar start no projeto em si. A maioria das empresas já têm dados e recursos suficientes para dar início a este processo. Portanto, mão na massa!

E caso você seja um empreendimento no ramo da moda e esteja procurando por uma empresa que ofereça o melhor da personalização no quesito provadores on-line, a PerSizes é a pedida certa.

Nós entregamos um avatar fiel à estética do usuário. Além de personalizar o produto para mais medidas do consumidor.

Inclusive, temos um plano aqui na PerSizes que no qual a marca tem acesso a um dashboard de dados das medidas que o cliente documenta na experiência com o provador. Isso auxilia em várias formas, inclusive na preparação de ofertas mais interessantes para cada cliente.

Gostou? Entre em contato e saiba mais!